Aconteceu

ASSEMBLEIA INTERNACIONAL

VALENCE, FRANÇA – DE 27 A 30 DE DEZEMBRO DE 2017

De 22 a 26 de Dezembro

 

Nossas Irmãs brasileiras chegaram em tempo de celebrar o Natal na Casa-Mãe. Puderam também visitar nossas Irmãs de L’Arnaud, Alixan e passar um dia em Boucieu-le-Roi. Quantas graças de fraternidade, renovação, espiritualidade e partilha!

IMG-20171228-WA0007
IMG-20171228-WA0007

press to zoom
IMG-20171228-WA0015
IMG-20171228-WA0015

press to zoom
IMG-20171223-WA0041
IMG-20171223-WA0041

press to zoom
IMG-20171228-WA0007
IMG-20171228-WA0007

press to zoom
1/17

22 a 26 de dezembro

27 de dezembro

Os ecos continuam chegando de Valence! Após a oração de Laudes, as Irmãs se reuniram na Sala Marie Blanche para a celebração de abertura da Assembleia internacional. Esta celebração refez o caminho da Regra de Vida desde os tempos da fundação, com o pedido de Ir. Marie Spéliat para que o Padre Vigne lhes desse uma Regra comum... até os dias de hoje.

Assim, nosso trabalho de reescrita da Regra de Vida é mais uma etapa de atualização nesta única e absoluta Regra que é o Evangelho e o Mandamento do Amor.

 

A celebração, preparada em diversas línguas, recordava a palavra de nosso Fundador que diz que é preciso observar a Regra não apenas com exatidão, mas principalmente com amor.

 

Um belo caminho florido foi sendo construído durante a celebração, com as diversas Regras de Vida trazidas em procissão por Irmãs de todos os países.

 

Por fim, retalhos de pano foram distribuídos às participantes para que, movidas pela Palavra de Jesus no Evangelho - “Ninguém tira retalho de roupa nova para remendarroupa velhasenãovai rasgar a roupa nova, e o retalho novo não combina com a roupavelha ” - escrevessem um atitude a cultivar para acolher o novo que a Igreja nos pede para viver e que estamos explicitando nos novos textos da Regra de Vida.

 

Em seguida, Ir. Suzanne DAVID, canonista que nos acompanha neste trabalho, falou para a assembleia sobre os fundamentos da Regra de Vida, critérios e linguagem a serem empregados entre outras coisas. Ela exortou às Irmãs a tomarem consciência de que todas nós somos FUNDADORAS no hoje da nossa História Sacramentina.

 

À tarde, as Irmãs tiveram um tempo pessoal e um tempo em grupos linguísticos para fazer uma “leitura transversal” dos quatro primeiros capítulos dos novos textos da Regra de Vida. Esta leitura consiste em identificar temas, palavras e elementos de vocabulário que são constantes no texto: em relação às palavras Pai, Filho, Espírito Santo, Eucaristia etc, ou ainda adjetivos, advérbios, verbos passivos e ativos... Isso tudo visando uma apropriação do texto, uma tomada de consciência da Teologia subjacente, dos seus traços marcantes e da dinâmica de vida que ele contém.

IMG-20171228-WA0036
IMG-20171228-WA0036

press to zoom
DSC03729
DSC03729

press to zoom
IMG-20171227-WA0033
IMG-20171227-WA0033

press to zoom
IMG-20171228-WA0036
IMG-20171228-WA0036

press to zoom
1/21

27 de dezembro

28 de dezembro

“Uma bênção”, “uma riqueza”, “leveza e fidelidade ao espírito”...são algumas das expressões das Irmãs para traduzir o que foi o dia de hoje na Assembleia internacional.

A leitura transversal, feita individualmente e em grupo linguísticos, revelou um texto sóbrio e profundo que faz transparecer claramente a identidade sacramentina.

 

Neste dia, apenas quatro grupos apresentaram seu trabalho com os temas: Deus-Pai, o Filho- Jesus-Cristo, Espírito Santo, Maria, o Fundador, a Palavra de Deus, Igreja, Instituto, Povo de Deus, Eucaristia – Corpo e Sangue – Adoração.

 

As Irmãs deviam observar a incidência destas palavras-conceitos nos textos, exprimir o que as surpreendia, quais insistências gostariam de assinalar...

 

Os trabalhos continuam a ser apresentados amanhã.

Aguardaremos que nossas Irmãs partilhem esta experiência com mais detalhes quando retornarem ao Brasil. Mas desde já rendamos graças por este caminho de aprofundamento e descobertas do qual todas nós nos beneficiaremos!

IMG-20171228-WA0027
IMG-20171228-WA0027

press to zoom
IMG-20171228-WA0034
IMG-20171228-WA0034

press to zoom
IMG-20171228-WA0009
IMG-20171228-WA0009

press to zoom
IMG-20171228-WA0027
IMG-20171228-WA0027

press to zoom
1/10

28 de dezembro

29 de dezembro

O dia de hoje foi dedicado à continuação dos trabalhos sobres os novos textos da Regra de Vida alternando tempos de deserto, grupo e assembleia.

Após o jantar, houve um encontro festivo, dirigido por Ir. Angelina (acompanhada de um Anjinho da Guarda), no qual cada região ou país teve 10 minutos para apresentar um número. Como sempre, estes momentos são plenos de alegria e favorecem a confraternização.

 

Até Ir. Suzanne participou mostrando slides que representavam com emoticons os diversos estados de humor da assembleia. Também Ir. Anna, uma religiosa vietnamita, participou com um belo canto do seu país. Ela está passando um período na Casa-Mãe para aprender Francês antes de iniciar uma missão na Diocese de Valence.

 

Deixemos falar as imagens!

IMG-20171229-WA0031
IMG-20171229-WA0031

press to zoom
IMG-20171229-WA0029
IMG-20171229-WA0029

press to zoom
IMG-20171229-WA0107
IMG-20171229-WA0107

press to zoom
IMG-20171229-WA0031
IMG-20171229-WA0031

press to zoom
1/42

29 de dezembro

30 de dezembro

Ainda uma manhã de árduo trabalho em torno dos textos: sugestões para modificar, retirar, acrescentar, intervenções de Ir. Suzanne para ajudar a discernir o que é essencial...

À tarde, as Irmãs tiveram um tempo de deserto para favorecer a entrega, suplicar as luzes do Espírito Santo, pedir a graça do acolhimento e da disponibilidade, assim como o bem do nosso Instituto.

 

Ir. Suzanne convidou as Irmãs a invocar a intercessão de Pierre Vigne, de nossas primeiras Irmãs, das Irmãs que cada uma conheceu em sua caminhada e que já partiram para a Casa do Pai.

 

O texto bíblico sugerido foi o de Mt 14, 14-23: Dai-lhes vós mesmos de comer.

Cada uma deveria compor, no final deste tempo, uma oração e também escrever um trecho da nova Regra de Vida que lhe falasse mais especialmente ao coração.

 

Por fim, de volta à assembleia, às Irmãs descobriram os retalhos de tecido, aqueles da celebração de abertura, unidos entre si, formando uma bela “colcha”, entremeada das cores da bandeira de nossa Congregação. Belo símbolo da comunhão à qual somos chamadas unindo nossos dons, nossas diferenças, nossas cores, para que sobressaia a beleza do Evangelho, “o amor até o fim” de Jesus.

 

Houve uma partilha, duas a duas, da oração que cada uma escreveu e também um momento onde foram depositados, no centro, sobre tecidos e sobre a “colcha de retalhos”, o trecho escolhido da Regra de Vida.

 

Que poderemos ao Senhor retribuir por todo bem que ele nos fez? (Sl 115, 12)

IMG-20171230-WA0044
IMG-20171230-WA0044

press to zoom
IMG-20171230-WA0048
IMG-20171230-WA0048

press to zoom
IMG-20171230-WA0006
IMG-20171230-WA0006

press to zoom
IMG-20171230-WA0044
IMG-20171230-WA0044

press to zoom
1/10

29 de dezembro